Pular para o conteúdo

Salmo 10

Salmo 10

1 Por que, Senhor, te conservas longe? Por que te escondes em tempos de angústia?

2 Em sua arrogância o ímpio persegue o pobre; sejam apanhados nas tramas que maquinaram.

3 Pois o ímpio glorifica a si mesmo pelo desejo do seu coração; o avarento não tem lugar nenhum de respeito ao Senhor.

4 O ímpio, na sua arrogância, não busca a Deus; todas as suas ideias são de que Deus não existe.

5 Os seus caminhos prosperam sempre; os teus juízos estão longe, acima da sua vista; todas as suas adversidades ele assopra.

6 Ele diz no seu coração: “Não serei abalado; de geração em geração nunca enfrentarei adversidade”.

7 Sua boca está cheia de maldições, enganos e fraudes; debaixo da sua língua há malícia e maldade.

8 Ele se senta à espreita nas aldeias; nos esconderijos mata os inocentes; os seus olhos espreitam atentamente as vítimas.

9 Fica à espreita, como leão escondido; na sua toca, fica à espreita para apanhar o necessitado; apanha o necessitado quando o puxa para dentro da sua rede.

10 Oprime-se e abate-se; assim que cai ao seu poder, o necessitado cai debaixo do seu domínio.

11 Ele diz no seu coração: “Deus esqueceu-se; cobriu o rosto e nunca verá isto”.

12 Levanta-te, Senhor! Ergue a tua mão, ó Deus! Não te esqueças dos necessitados!

13 Por que o ímpio despreza a Deus? Por que diz no seu coração: “Tu não pedirás contas”?

14 Tu, porém, vês o trabalho árduo e o pesar; olha para isto e dá a devida recompensa; o órfão e o oprimido confiam em ti.

15 Quebranta o braço do ímpio e maléfico; procura a sua impiedade até que não aches mais.

16 O Senhor é Rei eternamente; as nações perecerão da sua terra.

17 Tu, Senhor, ouves os desejos dos necessitados; tu fortaleces o coração deles; inclina o teu ouvido

18 para fazer justiça ao órfão e ao oprimido, para que o homem da terra não mais aterrorize.


Comentário:

O Salmo 10 é uma oração contra os ímpios e uma expressão de confiança em Deus como defensor dos necessitados. O salmista clama a Deus para que Ele se levante e intervenha contra a arrogância e crueldade dos ímpios, que oprimem os pobres e os indefesos. Este Salmo reflete a angústia e a indignação do salmista diante da injustiça e da aparente ausência de Deus em tempos de aflição. No entanto, ele também confia na justiça de Deus e na Sua capacidade de ouvir e fortalecer os necessitados. O Salmo 10 nos lembra da importância de confiarmos em Deus em meio às dificuldades e de nos voltarmos para Ele como nosso refúgio e defesa contra os ímpios. Ele nos encoraja a persistir na , sabendo que Deus ouve os clamores dos necessitados e buscará justiça em Seu devido tempo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *